Oferta Relâmpago
Hope Lingerie Logo
Hope Resort Logo
Bonjour Lingerie

Frete Grátis nas compras acima de R$ 249,00 | 6X sem juros*

Você se sente atrasada na vida? Saiba por que isso acontece e como evitar

Atrasada na vida

Você já sentiu aquela sensação de que todo mundo ao seu redor está conquistando seus objetivos e “saindo do lugar”, menos você? Se sente atrasada na vida e acredita que está velha demais para alcançar os seus sonhos?

Foto: Ryan Moreno na Unsplash/Reprodução.

Esse sentimento é muito mais comum do que se imagina e pode surgir em diferentes fases da vida. Seja na carreira, nos relacionamentos, ou até mesmo em relação às expectativas pessoais ou vida financeira.

Mas por que essa sensação acontece e como a gente pode lidar com ela de forma saudável?

Por que você se sente atrasada na vida?

A partir do momento que você começa a comparar a sua vida com a das outras pessoas, automaticamente corre o risco de “se sentir para trás”. E isso é um dos principais motivos que pode levar você a se sentir atrasada na vida!

A era das redes sociais contribui para essa comparação constante, onde vemos o sucesso e as conquistas dos outros em destaque, enquanto as nossas próprias realizações parecem insuficientes.

É aquele famoso ditado: “a grama do vizinho é sempre mais verde”, certo? Porém, a verdade é que você nunca sabe do que a pessoa abriu mão na vida, ou se ela realmente é feliz e realizada como está mostrando ali.

Afinal, ninguém (ou quase ninguém) sai mostrando os problemas, dificuldades e angústias da vida no Instagram, certo? Então, tenha muito cuidado ao achar que a vida da fulana que você segue é perfeita e que a sua deveria ser igual para você realmente ser feliz.

Além disso, expectativas pessoais e pressões sociais também ajudam a aumentar esse sentimento. Se não alcançamos determinados marcos ou objetivos dentro de um prazo esperado, podemos nos sentir frustradas e desanimadas.

Como lidar com o sentimento de se sentir atrasada na vida?

A autossabotagem e a comparação com outras pessoas podem ser grandes obstáculos para o nosso desenvolvimento. Mas a gente vai acabar com isso hoje! Veja nossas dicas que vão te ajudar a parar de se sentir atrasada na vida e ser feliz no seu hoje:

Reflita sobre suas prioridades

Em vez de se comparar com os outros, que tal você parar para refletir sobre suas próprias prioridades e valores? O que é realmente importante para você? O que você deseja alcançar na vida? Defina metas realistas e que sejam alinhadas com os seus interesses pessoais.

Celebre suas conquistas

Em vez de focar apenas no que ainda não foi alcançado, pare para pensar em todas as conquistas que já alcançou ao longo do caminho. Cada passo dado, por menor que seja, é uma vitória e merece ser celebrado. Aprenda a valorizar seu progresso e reconhecer seu próprio valor!

Tenha cuidado com as redes sociais

As redes sociais são incríveis e não podemos negar que a gente ama, mas nunca se esqueça de que elas podem distorcer nossa percepção da realidade e aumentar dentro de você sentimentos desnecessários.

Por isso, limite o tempo que você passa nelas e lembre-se de que nem tudo o que vemos é real. Foque em sua própria jornada!

Pratique a gratidão

Cultivar a gratidão pode ajudar a mudar nossa perspectiva e nos lembrar das coisas boas que temos nas nossas vidas. Uma dica que funciona muito é, assim que acordar, todos os dias, você listar as coisas pelas quais você é grata. Isso, ainda, pode ajudar a reduzir a ansiedade e aumentar a sensação de bem-estar!

Busque apoio

Se o sentimento de estar atrasada na vida estiver causando em você muito sofrimento, considere buscar apoio de um terapeuta. Assim, eles podem ajudar a explorar esses sentimentos de forma mais profunda e desenvolver estratégias para lidar com eles de maneira saudável.

Por último, saiba que você está exatamente onde deveria estar! E lembre-se sempre: todas nós temos o nosso próprio ritmo e caminho a percorrer. Nunca é tarde demais! 😉

Foto de Capa: Brooke Cagle na Unsplash/Reprodução.

PRODUTOS RELACIONADOS

Gostou desse conteúdo? Leia também: