Oferta Relâmpago
Hope Lingerie Logo
Hope Resort Logo
Bonjour Lingerie

Frete Grátis nas compras acima de R$ 249,00 | 6X sem juros*

Masturbação feminina: 4 motivos para investir no seu prazer

Ainda há muitos tabus quando se fala em masturbação feminina. Já que este ato sempre foi visto como algo muito natural para os homens. Porém, para as mulheres, o assunto continua sendo um estigma negativo.

Por que a masturbação feminina é repleta de tabus?

A educação sexual, que já é pouco debatida nas escolas, sempre esteve mais relacionada à reprodução e menos ao prazer, principalmente o feminino.

Mulheres bem-resolvidas com a sexualidade, que se masturbam ou têm diferentes relações sexuais, foram (e, por vezes, ainda são) vistas como “sujas” pela sociedade.

A boa notícia é que, para a nossa felicidade, isso está mudando: vários benefícios da masturbação feminina já são conhecidos e a prática é vista como uma forma de emancipação das mulheres — e é sobre isso que queremos conversar.

Afinal, tocar-se faz bem, sendo parte da sua rotina de autocuidado e autoconhecimento, caso queira! Confira nosso conteúdo.

Masturbação masculina x feminina

Historicamente, os garotos crescem sendo incentivados a ter uma vida sexual ativa. Isso começa desde o acesso à pornografia até a naturalização da masturbação masculina.

Já nós, mulheres, crescemos ouvindo frases como “feche as pernas” e “reserve-se para uma pessoa especial”, aquela com quem vamos casar.

Ao longo da nossa educação, também não somos ensinadas a fundo sobre a nossa anatomia. Aliás, por muitos anos, o clitóris, principal fonte de prazer para as mulheres, foi encarado como um órgão sem função específica. 

Inclusive, até hoje os estudos sobre sexualidade feminina ainda são poucos e esse espaço de maior aprendizagem sobre o prazer da mulher está sendo construído pouco a pouco. 

Com isso, o nosso prazer foi ficando cada vez mais limitado, inclusive a dois. A masturbação feminina tornou-se algo rodeado de tabus e vergonha — pouco se fala sobre o assunto até entre amigas mais próximas e com o parceiro ou a parceira.

Sexualidade feminina em foco

Com a entrada das mulheres no mercado de trabalho e o crescimento feminino na área de saúde, o debate acerca da sexualidade feminina está cada vez mais aquecido.

Hoje, sabemos que não precisamos ter vergonha de nos tocar e experimentar o que nos dá prazer, porque isso é algo natural e benéfico para a saúde — assim como é para os homens. Então, chega de tabus!

Links dos produtos dessa imagem:

Quais são os benefícios da masturbação feminina?

Existem vários motivos para masturbar-se. Além de promover conhecimento sobre o próprio corpo, a masturbação traz mudanças significativas para a saúde e o bem-estar.

É preciso ressaltar que se tocar não é uma obrigatoriedade, muito pelo contrário: é uma escolha, mas deve ser algo natural!

1. Promoção do autoconhecimento

Um dos principais benefícios da masturbação feminina é o autoconhecimento. Ao praticá-la, é possível entender o que te dá mais prazer e o que não é tão gostoso para você.

Além disso, ao se tocar, você conhece a fisionomia do seu corpo. Vale até experimentar a prática em frente a um espelho, caso você se sinta confortável.

A masturbação envolve penetração ou massagens no clitóris, mas não se resume somente a isso. Existem várias zonas erógenas femininas, como:

  • seios;
  • nuca;
  • coxas;
  • pescoço.

Estas podem ser estimuladas, ajudando você a entender o que mais te dá tesão. Também é interessante levar isso para a sua relação a dois, que tal?

2. Melhora do humor e do bem-estar

Você sabia que os vibradores femininos foram uma invenção médica? Existe uma ideia de que, há muitos anos, algumas mulheres sofriam de uma doença crônica chamada “histeria”, cujos sintomas eram:

  • irritabilidade;
  • ansiedade;
  • perda de apetite.

O tratamento dado a elas era uma massagem no clitóris, estimulada até que a paciente tivesse contrações e lubrificação, chamada de “paroxismo histérico”.

Isso nada mais era do que o orgasmo, mas, na época, os médicos não sabiam disso. O resultado era a melhora no humor e o relaxamento.

O problema é que esse efeito tranquilizador era temporário e as mulheres precisavam voltar frequentemente para o consultório. Com isso, foi criado um aparelho para facilitar o tratamento: o vibrador.

História à parte, fato é que a masturbação tem o poder de melhorar o bem-estar. Durante o orgasmo, o corpo libera serotonina, o hormônio responsável por regular o humor. Além dele, é liberada a ocitocina, o famoso “hormônio da felicidade”.

3. Redução das cólicas menstruais

Além de regular o humor, a masturbação feminina ajuda a reduzir as cólicas menstruais. Isso acontece porque o organismo sofre com mudanças hormonais, liberando a endorfina e aliviando diversas dores.

Um estudo desenvolvido pela empresa de acessórios sexuais Womanizer indicou que a masturbação melhorou os sintomas da menstruação em 70% das vezes.

O motivo é a contração do útero durante o orgasmo, que faz com que a musculatura genital relaxe. Com isso, a saída do sangue é facilitada, reduzindo as cólicas.

4. Melhora do sono

Lembra que falamos que a ocitocina é liberada durante o orgasmo? Além de melhorar o humor, esse hormônio é responsável por uma sensação de relaxamento, pois a concentração inibe o efeito do cortisol (hormônio relacionado ao estresse). Com isso, a qualidade do sono é melhorada. 

Links dos produtos dessa imagem:

Como ter mais prazer durante a masturbação feminina?

Não há regras sobre como chegar ao orgasmo feminino. O único segredo é ir experimentando o que é mais prazeroso para você. Porém, existem algumas formas de deixar a sua relação consigo mesma ainda mais agradável, viu?

Use diferentes vibradores

Que tal experimentar um vibrador? Há diferentes tipos disponíveis para todas as preferências. Os de uso clitoriano, como os massageadores ou os sugadores, não precisam de penetração e são perfeitos para quem gosta de estimular essa região.

Já o vibrador para uso vaginal é aquele em que há penetração e ele também está disponível em diferentes modelos:

  • os que massageiam o ponto G;
  • que simulam o formato de pênis;
  • ou que possuem um dispositivo extra para massagear o clitóris também.

Aposte em lingeries sensuais e acessórios

Além dos brinquedinhos sexuais, outra forma de estimular o tesão e elevar a sua autoestima é usar lingeries e acessórios sensuais durante a masturbação.

Afinal, o ato também envolve a imaginação e a fantasia. Então, por que não explorar looks que te façam sentir poderosa e sexy durante a prática?

Uma sugestão é apostar em calcinhas e sutiãs com renda e tule. Eles proporcionam um visual transparente que fica incrível e muito sensual no corpo — dê uma olhadinha nas opções da coleção Fantasy, por exemplo.

Já entre os acessórios, vale investir em cintas-ligas ou chokers delicadas e poderosas, como as da coleção Atena.

Link do produto dessa imagem: Calcinha Tanga Brasileira Asa Delta em Renda

E aí, curtiu o nosso conteúdo sobre masturbação feminina? Esperamos que as informações te ajudem a entender que você tem a liberdade de se conhecer melhor, sem tabus. Chame as amigas e acompanhe nosso blog!

PRODUTOS RELACIONADOS

Gostou desse conteúdo? Leia também: