Oferta Relâmpago
Hope Lingerie Logo
Hope Resort Logo
Bonjour Lingerie

Frete Grátis nas compras acima de R$ 249,00 | 6X sem juros*

A importância da terapia cognitiva

A importância da terapia cognitiva

A terapia cognitiva pode ser uma ferramenta poderosa e essencial para a saúde e bem-estar mental, em especial, das mulheres. Isso porque, ela ajuda as pessoas a identificarem e modificarem crenças e hábitos negativos. Assim, promove um maior equilíbrio das emoções. 

O que é a terapia cognitiva?

A terapia cognitiva ou Terapia Cognitiva Comportamental (TCC) é uma psicoterapia que tem como base o modelo cognitivo.

Em outras palavras, ela tem a ideia central que ao mudar as crenças que o paciente tem sobre si, sobre o outro e sobre o mundo, ele pode mudar:

  • sentimentos;
  • humores;
  • comportamentos.

Ou seja, é um processo de terapia onde são vistas questões que tem relação com as interpretações que a pessoa deu a situações e eventos que nem sempre estão certas.

Com isso, ela busca evidências que validem ou não, o modo como os eventos são percebidos. 

Por exemplo, imagine que o seu chefe informe que precisa falar com você em particular. Se ele não adiantar o assunto, muitos pensamentos podem surgir. Inclusive, sobre demissão. Contudo, ele pode estar querendo, na verdade, fazer um elogio.   

Quais são os benefícios da terapia cognitiva? 

Um dos principais benefícios da terapia cognitiva é que ela ajuda o paciente a perceber as cognições distorcidas e negativas. Dessa forma, ao perceber melhor os fatos é possível trabalhar o pensamento adaptativo. Isso faz com que haja:

  • uma redução dos sintomas da ansiedade e da depressão;
  • a melhoria da regulação emocional e da gestão do estresse;
  • o aumento da autoestima e da autoconfiança. 

Além disso, ela faz com que as habilidades para enfrentar e solucionar problemas sejam desenvolvidas. E traz uma melhora também para as relações interpessoais. Desse modo, faz com que haja mais qualidade de vida e bem-estar geral. 

O que são distorções cognitivas? 

Distorções cognitivas são padrões de pensamento ou interpretações distorcidas da realidade que tendem a ser automáticas e habituais. Elas podem levar a conclusões imprecisas ou irreais sobre si, os outros e o mundo ao redor. 

Exemplos comuns incluem ver as coisas como tudo ou nada, tirar conclusões com base em um único evento e o foco apenas nos lados negativos de uma situação. 

Uma ótima terapia para mulheres

Para as mulheres que lidam com questões como ansiedade, depressão, estresse, baixa autoestima ou problemas de relacionamento, esse modelo de psicoterapia pode ser uma grande aliada. 

Isso porque, através dela é possível aprender a identificar os padrões que não são funcionais. Bem como, as formas de criar novas perspectivas e padrões saudáveis. 

A importância da terapia cognitiva

Link do produto dessa imagem: TOP ALÇAS FINAS COM BOJO REMOVÍVEL EM MICROFIBRA CANELADA FREE BRANCO

Quanto tempo dura a terapia cognitiva? 

Cada sessão de terapia cognitiva costuma durar quase uma hora e de modo geral, acontecem uma vez por semana ou uma vez a cada 15 dias. Mas, isso pode variar conforme a queixa clínica. 

O tempo em terapia costuma variar de caso para caso. Afinal, cada pessoa é única e tem um conjunto próprio de crenças e padrões. Também, porque ela é muito efetiva em tratamentos, às vezes um pouco mais longos, tais como:

  • transtorno bipolar;
  • trastorno obsessivo compulsivo;
  • estresse pós-traumático. 

Contudo, por ser uma terapia estruturada, diretiva e de prazo limitado, o mais comum é que ela dure de 6 meses a 1 ano. Sendo que muitas vezes as mudanças positivas podem ser vistas ainda no segundo mês. 

Quais são as técnicas da terapia cognitiva? 

A terapia cognitiva tem várias abordagens destinadas a influenciar os pensamentos, bem como, as emoções e comportamentos do paciente.

Como cada caso é um caso, as técnicas podem variar. Porém, entre as mais comuns estão:

  • registro de pensamentos automáticos;
  • diários de emoções;
  • realização de questionamentos durante as sessões;
  • simulações de situações;
  • exposição e prevenção de respostas;
  • práticas de relaxamento.

Também é comum ter tarefas de casa, para o paciente praticar as habilidades adquiridas durante as sessões no contexto do seu dia a dia. Isso facilita as mudanças desejadas e promove a melhora contínua.

A realização de tarefas em casa permite que os pacientes apliquem as técnicas no seu ambiente cotidiano. Isso ajuda a consolidar os conceitos discutidos nas sessões e facilita a integração das mudanças desejadas na vida diária. 

A importância da terapia cognitiva

Link do produto dessa imagem: CONJUNTO SUTIÃ MEIA-TAÇA AMPLA COBERTURA E CALCINHA FRENTE E LATERAIS DUPLAS VINHO VELVET TOUCH

Coragem e autocuidado

Na correria do dia-a-dia, muitas mulheres acabam se dedicando tanto a cuidar de quem ama que acabam esquecendo de cuidar delas próprias e de sua saúde mental. Então, aproveite este momento e leia também técnicas de respiração para ansiedade.

A terapia surge como um lembrete de que é essencial cuidar da mente tanto quanto do corpo. Bem como, que buscar ajuda não é sinal de fraqueza, mas, sim, de coragem e autocuidado 

Na Hope, você encontra roupas íntimas que te fazem se sentir bem consigo mesma, seja qual for o seu estilo pessoal, pois mesmo as peças mais sensuais são feitas pensando no seu conforto. Visite o site e veja as ofertas. 

PRODUTOS RELACIONADOS

Gostou desse conteúdo? Leia também: