lançamentos
Hope Lingerie Logo
Hope Resort Logo
Bonjour Lingerie

Frete Grátis nas compras acima de R$ 249,00 | 6X sem juros*

Quem inventou o sutiã? Conheça a história dessa lingerie!

quem inventou o sutiã

Quem inventou o sutiã foi uma mulher. Desse modo, veja mais sobre a origem da roupa íntima que está presente no closet de muitas mulheres e faz parte de vários momentos — desde os mais especiais até os rotineiros.

Quem inventou o sutiã e qual é a sua história?

Mary Jacob foi a inventora do sutiã, uma lingerie que revolucionou a forma de nos vestirmos e nos relacionarmos com o nosso corpo.

A história do sutiã é repleta de curiosidades, busca por libertação feminina e muita evolução até chegarmos à lingerie que conhecemos hoje.

Vamos juntas desvendar os acontecimentos que motivaram a criação da peça que já é tão comum no nosso dia a dia?

Os primeiros registros do uso de “sutiã”

Antes de vermos mais sobre quem criou o sutiã, vamos voltar alguns milhares de anos, lá para a Antiguidade.

Existem alguns registros em mosaicos romanos que mostram desenhos de mulheres tampando os seios com faixas de pano.

Apesar de não serem exatamente sutiãs, é um indício de que os seios eram “escondidos” ou, pelo menos, sustentados.

Mais para frente, surgiram os espartilhos, que dominaram a moda íntima por muito tempo, como vemos a seguir.

Os espartilhos e as curvas femininas

Ao longo de toda a Idade Média até o início do século XX, os espartilhos foram usados para delinear a silhueta.

Apesar de surgirem vários modelos diferentes com o tempo, todos traziam uma mesma questão: eram apertados demais, diferentemente dos corpetes e modeladores de hoje.

Atualmente, eles servem muito mais para modelar e valorizar as curvas femininas, já que são feitos em tecidos confortáveis, como a microfibra (aliás, você já conhece a nossa coleção Anatomic?).

O primeiro sutiã patenteado

O sutiã como conhecemos hoje foi ideia de uma socialite norte-americana chamada Mary Phelps Jacob ou Caresse Crosby, como era conhecida.

Em 1914, ela usou algumas fitas e dois lenços de seda para sustentar seus seios e usar com um vestido em uma festa em Nova York. O look chamou atenção, por isso, decidiu patentear a criação.

Como não teve muito sucesso na venda da peça para as indústrias têxteis, vendeu a patente para os irmãos Warner, anos mais tarde.

(Photo by Hulton Archive/Getty Images)

Os modelos que vieram depois da criação do sutiã

Apesar de Caresse ser considerada a inventora do sutiã, a popularização dessa lingerie veio algum tempo depois, com a produção em alta escala.

Você deve conhecer a estilista Coco Chanel, não é mesmo? Ela foi uma grande influência para o uso da peça como uma forma de achatar o busto, lá na década de 1920.

Primeiro sutiã com bojo e aro

Entre 1930 e 1940, surgiu o primeiro sutiã com bojo e aro, para ressaltar o busto. Esse estilo se popularizou entre as mulheres em 1990, com o modelo push up.

Até hoje, ele é bastante usado e pode ser encontrado em renda ou em microfibra. Dê uma olhadinha nas nossas coleções Valência e Touch, por exemplo!

Sutiã meia-taça

Em 1945, um dos modelos mais conhecidos e queridinhos foi criado: o meia-taça. A história em torno dele é bastante curiosa também. Isso porque quem inventou o sutiã não foi um estilista, e sim um engenheiro de aviação!

O bilionário Howard Hughes desenhou o sutiã para a atriz Jane Russell, porque achava que os modelos de sutiã antigo não valorizavam tanto o busto da musa.

Esse estilo é bem popular até os dias atuais e você deve ter um no armário. Ele é caracterizado por deixar o seio um pouco mais à mostra, valorizando o colo. Inclusive, está presente no bojo de mini corselets e bodies!

Sutiã e o movimento feminista

Você já deve ter ouvido falar sobre o protesto contra o machismo, que aconteceu no dia 7 de setembro de 1968, em Atlantic City, nos Estados Unidos.

A manifestação criticava um concurso de Miss America e tudo que o evento representava. O protesto ficou conhecido como “Bra-Burning” que, traduzindo do inglês, significa “Queima de Sutiãs”.

Além da lingerie, as mulheres colocaram no chão e no lixo: sapatos, cílios postiços, maquiagens, revistas femininas e outros objetos relacionados ao universo feminino.

O episódio é lembrado até os dias atuais e é um marco sobre a relação das mulheres com a lingerie.

quem inventou o sutiã

Qual é a relação entre quem inventou o sutiã e o empoderamento feminino?

Por muito tempo, o sutiã foi usado apenas por baixo da roupa e para sustentar os seios. Hoje, carrega uma nova proposta: a de que a mulher se sinta ainda mais confiante, segura e poderosa.

A história da lingerie e sua evolução foi muito além do aprimoramento dos modelos de sutiã, atingindo como a mulher se relaciona com essa peça.

Sutiã aparecendo é hoje uma tendência da moda

É justamente por isso que criar looks com o sutiã aparecendo virou uma das tendências fortes da moda!

Você tem o poder de escolha: pode usar um sutiã com ou sem bojo, com ou sem renda. Opte pela cor que quiser, desde as mais neutras, como branco, preto e bege, até as mais intensas, como vinho, vermelho e azul.

Você pode até escolher não usar sutiã. A decisão é totalmente sua! Hoje, a lingerie é uma questão de empoderamento feminino. Peças rendadas e transparentes podem trazer confiança e um ar de sensualidade.

Use-as para você se sentir ainda mais poderosa e confortável em seu próprio corpo! Caso fique mais à vontade com peças lisas, feitas em microfibra, você também tem esse poder de decisão!

Link do produto dessa foto: Sutiã Touch Na Sua Medida

Empodere-se com a Hope Underwear

Gostou do nosso conteúdo sobre quem inventou o sutiã e a história dele? Que tal continuar se empoderando conosco, conhecendo as novidades sobre o mundo da moda íntima?

Confira nosso blog cheio de dicas para você continuar arrasando com as suas lingeries por aí!

PRODUTOS RELACIONADOS

Gostou desse conteúdo? Leia também: