Descubra como usar o corset feminino para um look impecável

Descubra como usar o corset feminino para um look impecável

O corset feminino é uma peça usada desde a Idade Média, quando era uma roupa muito presente no vestuário das mulheres. Assim, mesmo com uma popularidade menor do que no passado, ainda hoje é muito usado por quem deseja modelar o corpo.

Qual é a história do corset feminino? 

O corset feminino surgiu no século XVI, com a função de sustentar e moldar o corpo das mulheres. Dessa forma, era eficaz para deixar as cinturas mais finas e elevar o busto, o que garantia uma postura mais elegante ao modelar a região abdominal. 

No passado, se usava a peça por baixo da roupa principal, escondida. Mas, ao longo tempo, essa estética mudou e ele passou a aparecer como uma peça externa e ganhou designs únicos e elegantes, que agregam na construção do look como o cropped de renda preta.

Link do produto desta foto: Sutiã Mini corselet em Renda Branco

Qual é a composição dos corsets?

A peça era feita a partir de tecidos firmes e em alguns casos, também tinha pedaços de metal e cordões grossos para a sua maior sustentação. Portanto, isso contribuiu para que a mulher se sentisse poderosa e imponente. 

Atualmente, há versões mais leves que são fáceis de usar no dia a dia e despertam o sentimento de segurança e beleza. Então, o mercado mudou muito ao se adaptar as novas tendências e aos gostos femininos.

Qual é a função da peça?

O corset feminino é um dos recursos mais antigos e eficazes para afinar a cintura e dar mais sustentação ao corpo. No entanto, é uma peça diferente das cintas modeladoras, tanto na estética como na função.

Para explicar a diferença entre os corsets e as cintas, é preciso compreender que o primeiro, além de ajudar a modelar, serve para auxiliar na distribuição do peso e na postura. Enquanto isso, as cintas tem como função moldar a região do abdômen, para diminuir as medidas. 

Corset versus espartilho

A tradução da palavra francesa “corset” para o português é espartilho, ou seja, são o mesmo. Em resumo, uma veste bem estruturada, com nadadeiras de aço para sustentar e cordões para amarrar nas costas. 

Quais são os principais cuidados com o corset feminino?

Para que o seu corset feminino cropped dure por vários anos é crucial tomar alguns cuidados, como não dobrar sua armação. Isso porque, é uma peça delicada e cara, que pode durar mais tempo ao seguir passos parecidos com como limpar sutiã adesivo.

O que usar por baixo do corset?

Caso queira usar uma peça por baixo do corset, ela pode ser liner (tubinho feito de malha), camisetas ou, se preferir, corte as alças de alguma regata justa que você não use mais. Assim, você evita contato direto entre a pele e a roupa.

Como guardar?

Na hora de guardar, não dobre a sua armação e nem a amasse para que ele mantenha a sua forma. Desse modo, as chances de deformá-lo se tornam bem menores para que ele dure por muito tempo.

Como o corset feminino permite fazer tight lacing?

Essa é a técnica para quem usa corset feminino, a fim de reduzir as medidas da cintura por meio da modelagem das costelas flutuantes. Dessa forma, por serem flexíveis, elas se modificam com a pressão que a peça exerce no corpo. 

É bom ressaltar que essa é uma prática que exige cuidados específicos para atingir resultados saudáveis. Por isso, é bom se cuidar e entender os limites do seu corpo.

Qual é o ideal para fazer tight lacing? 

O modelo ideal para o tight lacing é aquele com comprimento abaixo do busto. Mas, para quem deseja realizar a prática, é preciso comprar um modelo feito sob medida, que respeite o corpo de quem o usa. 

Por quanto tempo se deve usar a peça?

Quem deseja obter bons resultados com esse hábito tem que usar sempre a roupa. Então, se sugere que use o corset feminino ao menos cinco vezes na semana, de 6 a 8 horas por dia. No entanto, tome cuidado para não exagerar, porque isso gera hábitos ruins. 

É necessário fazer exercício com o corset para afinar a cintura? 

Para fazer o tight lacing é preciso fortalecer os músculos da região abdominal, da lombar e do assoalho pélvico. Isso porque, o uso frequente da veste pode enfraquecer os músculos dessa região. Mas, não é bom usar o produto durante o exercício físico. 

Quais são os mitos mais comuns sobre tight lacing? 

O mito mais comum é que você tem que apertar muito o corset de modo a causar desconforto para só assim, se atingir resultados de redução. No entanto, a verdade é o oposto disso, ele deve estar confortável no seu corpo para você ter sucesso com essa técnica. 

É necessário comprar um modelo que se adeque as suas medidas para não causar nenhum problema. Assim, pesquise para entender qual é o corset feminino preto, ou colorido, com tamanho ideal para o seu corpo. 

Link do produto desta foto: Mini corselet em Tule Vermelho Zaire

Por que comprar seu corset na HOPE?

A HOPE é uma grande marca de moda íntima e possui peças como o mini corselet, muito mais confortáveis do que o corset feminino. Assim, tem várias opções de mini corselet em renda para agregar um toque de sensualidade aos seus looks.

Produtos Relacionados

Gostou desse conteúdo? Leia também: