Oferta Relâmpago
Hope Lingerie Logo
Hope Resort Logo
Bonjour Lingerie

Frete Grátis nas compras acima de R$ 249,00 | 6X sem juros*

O que é maternidade atípica?

O que é maternidade atípica?

Muitas pessoas ainda não conhecem o termo maternidade atípica. No entanto, esse conceito traz uma série de questões importantes e precisa ser debatido. Dessa forma, entenda mais sobre o assunto neste post completo.

O que é maternidade atípica?

Esse termo se refere as mães que possuem filhos com deficiência. Assim, precisam estar ainda mais presentes e ativas no desenvolvimento das crianças. A maternidade em si já traz uma carga bem pesada.

A questão é que quando esse cenário é atípico, as coisas se tornam ainda mais complexas. Então, as mães precisam, por exemplo, enfrentar:

  • diversas consultas;
  • assistência social;
  • sessões de terapia.

Tudo para que a criança consiga se desenvolver melhor. Além disso, algumas mães chegam até a morar no hospital por um bom tempo. Isso no caso de filhos que precisam passar por diversas intervenções cirúrgicas.

Maternidade desafiadora

Muitas mulheres fazem tudo isso, enquanto tomam conta de casa. Ainda, ao ter outros filhos pequenos, a situação se torna mais complexa. Então, a maternidade atípica é sim um desafio e tanto.

A batalha com instituições também fazem parte da luta desse grupo. Assim, são questões com planos de saúde e entidades. Afinal, garantir o tratamento correto para crianças atípicas ainda é algo que requer muito esforço.

Em resumo, é uma infinidade de desafios que permeia essas mulheres. Tudo para que seus filhos tenham direito a acessibilidade e inclusão.

O que é maternidade atípica?

Link do produto dessa imagem: Blusa Manga Longa Decote Canoa Segunda Pele Em Viscose Levíssima Preto

Os termos maternidade atípica e típica

Esse primeiro termo veio da necessidade de dar espaço para a luta dessas mães. Afinal, até pouco tempo atrás a vivência delas não tinha qualquer visibilidade. 

A palavra atípica tem o mesmo intuito que expressões como “pessoas com deficiência”. Dessa forma, seu foco é gerar uma reflexão na comunidade sobre quem é esse público.

Alguns profissionais não gostam do termo atípico. Isso porque, para muitos, ele mostra a dualidade entre normal e anormal. No entanto, vale deixar claro que a ideia de normalidade é bem subjetiva.

Essa expressão também tem a ideia de ressaltar o que é menos frequente, incomum. Assim, as pessoas precisam entender que existem seres humanos com desejos e necessidades diferentes.

Essa é uma das lutas dentro da maternidade atípica. Afinal, muitas mães sofrem na hora de tentar socializar seus filhos com pessoas típicas. Sem contar que, em muitos locais, a acessibilidade não é uma questão bem elaborada.

Como acolher a maternidade atípica?

Existem diversas maneiras de acolher mães atípicas, como oferecer ajuda e ser gentil. Assim, entenda algumas formas de tornar a vida dessas mulheres um pouco menos difícil.

Ofereça escuta

Essas mães lidam com cobranças e demandas o tempo inteiro. Dessa forma, ficar sobrecarregada é uma realidade constante. Inclusive, muitas delas sequer têm alguém para conversar.

Por isso, sempre ofereça a sua escuta. Deixe-as desabafar sobre o seu dia a dia e os desafios que enfrenta. Pode parecer simples, mas falar em voz alta sobre certas questões ajudam a torná-las um pouco mais leves.

O que é maternidade atípica?

Link do produto dessa imagem: Blusa Manga Longa Decote Canoa Segunda Pele Em Viscose Levíssima Off White

Ajude com coisas simples do dia a dia

Dentro da maternidade atípica, atividades simples são um desafio. Afinal, a sobrecarga não permite que essas mães sequer tenham tempo para si. Então, sempre que possível ofereça para ajudar em alguma coisa.

Caso haja alguma intimidade, vale a pena perguntar se a pessoa precisa que você leve algo para ela. Além disso, familiares podem se oferecer para ficar um tempo com a criança. 

A ideia é dar tempo para essas mulheres terem um momento de autocuidado que seja. O bem-estar nunca pode ser deixado de lado.

O trabalho de professores e terapeutas

Esses profissionais têm como dever ajudar essas mães com orientações importantes. Assim, elas vão saber lidar melhor com situações desafiadoras. Além disso, é essencial que terapeutas e professores sejam honestos.

Falar de maneira clara sobre o avanço das crianças, mas sempre de maneira empática. Essa ajuda profissional não pode faltar nunca.

Vizinhos e colegas de trabalho

Uma boa rede de apoio não é formada apenas por familiares. Então, vizinhos e colegas de trabalho podem ajudar muito uma mãe atípica. Por exemplo, se você mora perto, vale a pena levar comida em um dia que ela está muito atarefada.

No trabalho também é importante acolher essas mulheres. Dessa forma, é legal oferecer ajuda sempre que possível. Às vezes, o grande auxílio é apenas ouvir o que elas têm a dizer, sem nenhum tipo de julgamento.

Vale mesmo a pena entender mais sobre maternidade atípica?

Existe um mundo de discussões quando o assunto é maternidade atípica. Então, entender mais sobre esse universo é não só interessante, mas necessário.

Inclusive, não só mães, mas pessoas que desejam ajudar também precisam se familiarizar com o tema.

É importante deixar claro que é um desafio diário o que essas mulheres passam. Dessa forma, qualquer ajuda é bem-vinda. Além disso, a rede de apoio dessas pessoas precisa trabalhar ao máximo a empatia, pois as dificuldades são reais.

PRODUTOS RELACIONADOS

Gostou desse conteúdo? Leia também: